Ovinos

12 de abril de 2016

Como outros tipos de carne, a Carne do cordeiro é composto principalmente de proteína. O teor de proteína magra do cordeiro cozido geralmente é 25-26 %. A carne de cordeiro é uma fonte de proteína de alta qualidade e contém todos os aminoácidos essenciais necessários para o crescimento e manutenção do corpo. Por esta razão, comendo cordeiro, ou outros tipos de carne, pode ser especialmente benéfico para fisiculturistas, atletas e pacientes pós – cirúrgicos em recuperação. Simplificando, comer carne promove uma nutrição ideal, sempre que o tecido muscular precisa ser reconstituído ou trabalhado.

Como uma rica fonte de vitaminas, minerais e proteínas de alta qualidade, o cordeiro pode ser um excelente componente de uma dieta saudável.

O cordeiro contém uma quantidade variável de gordura, dependendo do nível do corte e da dieta do animal, idade, sexo e alimentação. O teor de gordura pode variar entre 17-21%. Ela é composta de gorduras saturadas e monoinsaturadas em quantidades aproximadamente iguais. A gordura do cordeiro (sebo) geralmente contém níveis ligeiramente mais elevados de gordura saturada do que a carne bovina e suína. A ingestão de gordura saturada tem sido considerada um fator de risco para doenças cardíacas, mas muitos dos novos estudos não encontraram qualquer ligação.